24 Fevereiro 2019
Comments: 6
Category: Blog
24 Fevereiro 2019, Comments: 6

  Ah, aquele cafezinho… coado, expresso,  `caffè espresso`, expresso com chocolate, com chantily, leite… São tantas possibilidades de degustação. A correria do dia a dia pede uma pausa para o café, o ambiente das cafeterias é também especial, aquele aconchego, o cheirinho, tudo de bom. Recebemos um expresso, com um copinho de água e um petit four, qual deve ser a ordem de degustação?

A degustação do café pode ser complexa como a de vinho e de cerveja, mas hoje vamos nos ater ao ritual de degustação dessa bebida tão requisitada pelos brasileiros, de acordo com a Embrapa Café, é esperado que a demanda brasileira alcance a norte-americana até 2021, quando deverá atingir 25 milhões de sacas anuais, o que daria ao Brasil o primeiro lugar de consumo do mundo, hoje estamos em segundo lugar.

Vamos começar com o pequeno copo de água, normalmente gasosa, que serve para limpar as papilas gustativas para que você aprecie melhor as propriedades do café que será servido. Segundo a barista Marília Balzani, do Café Magrí, a melhor água seria a gasosa, que teria a função de limpar algo gorduroso que tenha sido ingerido anteriormente, mas para quem não goste da gasosa poderia tomar a natural que também ajudaria. Marília recomenda que as águas naturalmente gaseificadas são melhores, pois as que são gaseificadas de forma artificial podem ter um gosto amargo residual.

A melhor ordem de degustação seria então que a pessoa bebesse a água, tomasse o café e depois comesse o petit four que provavelmente foi escolhido para harmonizar com as propriedades do café servido.

Outro ponto que merece atenção para a barista é que o bom café, aquele bem selecionado e preparado, que teve os devidos cuidados durante a colheita, possui uma doçura natural. Por isso, experimentar o café antes de colocar açucar seria uma boa prática do ponto de vista da degustação e ainda uma cortesia com a pessoa que preparou o café. O café de boa qualidade  (100% arábica, especial, tipo exportação) é bem mais fácil de ser tomado sem açucar. Para quem não consegue tomar sem o açucar, ela recomenda começar diminuindo a quantidade dele até eliminá-lo completamente ou ainda tomar café com menor concentração, o coado por exemplo tende a ser mais adocicado, depois ir para o expresso que é muito concentrado.

Outra recomendação da Marília é que o café expresso deve ser consumido rápido, chegando à mesa deve ser tomado. Quanto mais tempo demorar para consumí-lo mais ele perderá as suas principais características. Para quem quiser ficar um tempo maior tomando o café ela recomenda o coado, gelado ou outro.

E você, como prefere?  Conte para a gente, abaixo!

 

6 responses on “Café, o ritual. Qual é o jeito certo de tomar?

  1. Carla Madalena Gonçalves disse:

    Amo o expresso, sem açucar. Adorei o post!

  2. Vander Costa disse:

    Muito informativo, da próxima vez fale também do licor.

  3. Cláudia Oliveira disse:

    Eu gosto de café de qualquer jeito, mas o expresso tem o seu lugar. Obrigada pelas informações!

  4. José Maria Castro disse:

    Deu vontade de tomar um café. Vou eliminar o açucar.

  5. A Chiari disse:

    Adoro café e prefiro o expresso, sem açúcar!
    A partir de hoje quero tentar começar a usar a água antes, rotineiramente.
    Belo post, obrigado!

  6. Luciana Felix disse:

    Ah adoro café sem açúcar e faço sempre neste ritual rsrs. Parsbens pelo post ❤️ ☕️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat